Pneumonia mata um português a cada 90 minutos.  10 conselhos médicos para a evitar

Pneumonia mata um português a cada 90 minutos. 10 conselhos médicos para a evitar

A pneumonia é uma das primeiras causas de internamento hospitalar nos adultos o que, no caso de Portugal Continental, representa 81 internamentos por dia. Em média, a cada 18 minutos há um internamento por pneumonia. A cada 90, morre uma dessas pessoas. Não seja uma delas. Siga os conselhos do médico e professor José Alves, presidente da Fundação Portuguesa do Pulmão.

1. VACINE-SE CONTRA A PNEUMONIA

A vacinação antipneumocócica é a melhor forma de evitar a Pneumonia. Tem a vantagem de também nos proteger de outras formas graves da infeção pelo pneumococo, como a Meningite e a Septicémia. Ajuda-nos, também, a evitar outras doenças menos graves como a Otite Média Aguda e a Sinusite. 

2. VACINE-SE CONTRA A GRIPE

A vacinação antigripal também está aconselhada para a prevenção da Pneumonia. A interação entre o vírus da gripe e a bactéria que provoca a Pneumonia potencia o aparecimento desta última em quase 100 vezes.

3. CASO SEJA FUMADOR, DEIXE DE FUMAR

Deixar de fumar reduz o risco de de infeções respiratóriascomo bronquite e Pneumonia.

4. PROMOVA UMA BOA HIGIENE ORAL

Uma boa higiene oral pode limitar as quantidades de bactérias presentes na boca e, consequentemente, nas vias respiratórias.

5. MODERE DO CONSUMO DE BEBIDAS ALCOÓLICAS

O consumo excessivo de álcool é apontado como um dos potenciadores da Pneumonia pelo que a sua moderação é, também, uma forma de prevenção.

6. MANTENHA UM ESTADO NUTRICIONAL ADEQUADO

Como noutras patologias, a promoção de um estado nutricional adequado é fundamental para evitar a debilidade do nosso sistema imunológico, essencial na prevenção da Pneumonia.

7. CONTROLE DOENÇAS CRÓNICAS COEXISTENTES

A maioria das doenças crónicas torna-nos mais vulneráveis a doenças como a Pneumonia. O controlo dessas co-morbilidades levam-nos a uma maior controlo sobre a nossa saúde e, com ele, maior resistência a outras formas de doença.

8. O ACESSO À INFORMAÇÃO É A BASE DE QUALQUER PREVENÇÃO

Fale com o seu médico. Informe-se e, juntos, definam a melhor estratégia para prevenir a Pneumonia.

9. ESTEJA ATENTO AOS PRIMEIROS SINAIS DA DOENÇA

Falta de ar, febre, dor torácica. Vá logo ao seu médico.

10. EVITE AMBIENTES FECHADOS COM MUITA GENTE

A inalação de ar é o meio de propagação de muitas doenças respiratórias.

Os conselhos são do médico e professor José Alves, presidente da Fundação Portuguesa do Pulmão.

Fonte: https://lifestyle.sapo.pt