Depressão Pós-Parto... Conheça os sintomas!

Depressão Pós-Parto... Conheça os sintomas!

A gravidez é, para todas as mulheres, um momento especial, repleto de emoções e sensações diferentes. Ocorre uma mudança na vida, no corpo, nos sonhos e desejos futuros. Culmina num momento muito especial, a chegada do bebé.

A chegada do bebé é acompanhada de muita felicidade e amor, mas inevitavelmente de algum stress, privação de sono e novas responsabilidades. Por estas razões, muitas mães, podem sentir que estão numa autêntica montanha russa de emoções.

Algumas mudanças de humor e ansiedade, nas primeiras duas semanas, podem ser normais, aliás este estado, que atinge cerca de 80% das mulheres, corresponde ao chamado baby blues. Os sintomas começam imediatamente após o nascimento do bebée são atribuídos à mudança hormonal repentina, ao stress, isolamento e cansaço. A recente mãe pode, durante alguns minutos a algumas horas por dia, sentir-se:

  • Ansiosa;
  • Com vontade de chorar;
  • Com falta de apetite;
  • Cansada e com falta de energia;
  • Emocionalmente mais frágil.

Este é um estado passageiro, mas que deve ser cuidado para evitar que se transforme numa depressão pós-parto. Siga algumas dicas para tornar este período menos stressante:

❶ Procure descansar e tirar algum tempo para si: aproveite as visitas para dormir ou mesmo sair um pouco de casa;

❷ Fale: converse sobre as suas emoções com pessoas próximas e partilhe as suas preocupações;

❸ Mantenha uma alimentação equilibrada: cuide do seu corpo e de si.

A depressão pós-parto, por outro lado, é uma doença séria, que afeta algumas mulheres, e que deve ser tratada e acompanhada pelo médico. Além dos sintomas anteriores, podem surgir ainda outros e que se manifestam por um período superior ao do baby blues:

-Tristeza prolongada (mais de 2 semanas);

-Incapacidade e falta de vontade em realizar tarefas do dia a dia;

-Desinteresse pelo bebé e sensação de culpa, vergonha ou fracasso:

-Alterações do apetite e do sono;

-Baixa autoestima e ideias de morte ou suicídio.

A depressão pós-parto traz consequências para a mãe e para o bebé e, como tal, é importante consultar um médico que a ajude a identificar e tratar corretamente esta situação. Mas não se preocupe! Existem soluções que são seguras durante o período de amamentação. A saúde da mãe é um fator essencial para o desenvolvimento do bebé, pelo que não deve existir qualquer hesitação em pedir ajuda!

Fonte: https://www.farmaciasportuguesas.pt